Menu


Carteira de Habilitação Eletrônica começa a funcionar

11 OUT 2017
11 de Outubro de 2017

O anúncio oficial foi feito na tarde desta terça-feira (10) pelo Ministério das Cidades. O aplicativo para ter acesso ao documento virtual já está disponível para os motoristas de Goiás, o primeiro Estado a implantar o sistema.

Segundo o Governo, o novo documento terá o mesmo valor jurídico da CNH física. No entanto, ainda restam muitas dúvidas sobre o novo documento. Por isso o UOL Tecnologia conversou com o Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) e com o Ministério das Cidades para explicar direitinho como a CNH-e vai funcionar.

Qual a diferença da CNH normal e a CNH-e?

A única diferença entre as versões é que uma é um documento físico, impresso, e o outro é digital.

A versão eletrônica tem a mesma validade jurídica da física. O motorista que quiser usar o recurso poderá baixar o aplicativo da CNH disponível nas plataformas Android (Play Store) e IOS (Aplle Store).

A CNH digital será obrigatória?

Não. A CNH-e é opcional e caberá ao condutor escolher se quer utilizar o aplicativo ou não.

Ela terá algum custo extra do que já é usado para a emissão da CNH impressa?

Segundo o Serpro e o Ministério das Cidades, os custos de emissão, se forem existir, serão definidos pelos Detrans dos Estaos e do DF, órgãos responsáveis pela emissão das CNHs.

No caso de Goiás, a emissão da CNH eletrônica será gratuita até, pelo menos, dezembro deste ano, informou o Serpro. A partir do ano que vem, custará R$ 10.

Qual será o procedimento para o motorista ter acesso à CNH eletrônica?

Existem algumas etapas que o motorista interessado precisa seguir para ter acesso ao documento virtual depois de baixar o aplicativo da CNH-e.

A carteira de habilitação precisa ter o QR Code (código escaneável). A tecnologia foi implantada em maio deste ano nas novas CNHs com o objetivo de aumentar a segurança do documento.

“O QR Code é um elemento que compõe a CNH digital, portanto é necessário que o documento de papel já tenha o código, que fica localizado na parte interna da carteira”, explicou o Serpro.

Outras informações no link: https://servicos.serpro.gov.br/cnh-digital/

Fonte: UOL Tecnologia

Voltar


Tenha você também a sua rádio